Nazareno Tourinho desencarna em Belém do Pará

O escritor, dramaturgo e jornalista espírita Nazareno Tourinho, de 84 anos, desencarnou neste dia 19 de outubro, em sua cidade natal, Belém do Pará, após sofrer um enfarte. Tourinho é autor de inúmeros livros espíritas e de uma vasta obra de textos teatrais, vários deles premiados e levados ao teatro, tendo sido inclusive homenageado pela Universidade Federal do Pará com a publicação de uma tese de estudo de sua obra teatral, ao tempo em que foram as peças reunidas e publicadas em um bem cuidado livro. Era membro da Academia Paraense de Letras.

Sua obra espírita aborda temas como atividades dos centros espíritas, conceitos filosóficos espíritas, estudos da mediunidade e livro sobre o médium Edson Queiroz, entre outros. Teve atuação destacada em vários estados brasileiros, com participações em congressos, palestras e orientação sobre atividades de desenvolvimento mediúnico. Foi um dos mais abalizados na ação de desenvolvimento da mediunidade, com dois livros sobre o assunto publicados, onde reúne conceitos e experiências.

Fundou em Belém do Pará e dirigiu até o seu desencarne a Casa Espírita do Nazareno, onde desenvolvia atividades assistenciais, ao lado de atendimento de curas, com a atuação simultânea de diversos médiuns, com resultados bastante expressivos.

Nazareno Tourinho sempre teve grandes preocupações com o andamento das atividades espíritas, especialmente nos cuidados com a sua interpretação e aplicação. Defendeu com afinco as intromissões e teorias espúrias, sendo bastante conhecida a sua luta contra os conceitos de Roustaing, que geraram palestras e livros.

Uma de suas obras bastante conhecidas, resultante das experiências na Casa Espírita do Nazareno, é o livro Minha Doce Casa Espírita, editado pela EME, de Capivari, com mais de uma edição.

Estava com 84 anos de vida no instante de seu desencarne. Após socorrido e dar entrada em uma unidade de saúde na capital do Pará, não resistiu ao infarto e veio a falecer em poucas horas. O médico que o atendeu disse, em particular, que viu um grupo de espíritos prestando assistência a Nazareno naquele instante.

O velório será realizado de modo simples, como era desejo dele, na Casa Espírita que fundou e dirigiu e, à tarde, será levado ao crematório de Belém do Pará. Familiares, amigos, admiradores e colegas do meio literário farão as últimas homenagens a ele durante o velório.

2 Comments

Olá, seu comentário será muito bem-vindo.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.